Itália 1938

Assim como na Copa anterior, italianos e alemães aproveitaram o evento esportivo para fazerem propaganda política, uma verdadeira mancha na historia do esporte. Fora isso o futebol apresentado foi melhor, a Itália era a atual campeã mundial e olímpica, e tinha uma equipe mais forte que a do mundial passado.

O formato da Copa de 1938 foi igual ao da Copa anterior, jogos eliminatório, desde a primeira fase, até a final. Os Italianos fizeram valer seu favoritismo vencendo todos os adversários (Noruega, França, Brasil e Hungria) conquistando o, inédito, bicampeonato .

O uniforme principal usado pela Seleção Italiana foi praticamente ao de 34, mas com um tom de azul um pouco diferente.

PRIMEIRO UNIFORME

Italia-1 38

Esse uniforme foi usado em 3 partidas, contra Noruega, Brasil e Hungria.

Contudo na partida contra a França, como ambos usavam camisas azuis e canções brancos, uma das equipes deveria usar um uniforme alternativo. Os italianos aproveitaram para usar um uniforme todo preto, isso porque, a camisa preta era um símbolo do fascismo. Antes do inicio da partida os jogadores italianos fizeram a saudação fascista para o próprio Mussolini, que estava presente, e desagradando o público do estádio Olympiquede Colombes, Paris.

SEGUNDO UNIFORME

Italia-2 38

O goleiro Oliviere usou um uniforme todo preto em três partidas contra Noruega, Brasil e Hungria.

PRIMEIRO UNIFORME DE GOLEIRO

Italia-G1 38

Já na partida contra a Franco, como o time todo usou uniforme preto, o goleiro usou camisa branca.

SEGUNDO UNIFORME DE GOLEIRO

Italia-G2 38

Hungria 1938

A Hungria de 38 era bem mais forte que a de 34, e por isso era cotada como umas da favoritas ao titulo. Como se não bastasse o bom desempenho dentro de campo, os húngaros ainda deram muita sorte no sorteio, e tiveram como primeiro adversário a inexpressiva Índias Holandesas (atual Indonésia) e o resultado foi uma sonora vitória por 6 a 0. Os próximos adversários foram Suíça e Suécia, derrotados sem grandes dificuldades pela sólida Seleção Húngara.

Então veio a final, e a Itália consegui se sobressair numa partida cheia de alternativas e gols. Restou aos húngaros o vice-campeonato e a certeza de que esse time ainda tinha muito para mostrar.

O primeiro uniforme húngaro era essencialmente o mesmo de 34, e foi usado nas partidas contra Suíça, Suécia e Itália.

PRIMEIRO UNIFORME

Hungria-1 38

Contudo na primeira partida, contra as Índias Holandesas, os húngaros usaram, pela primeira vez em copas, seu uniforme dois, todo branco com faixas horizontais, na altura do peito, nas cores da bandeira nacional.

SEGUNDO UNIFORME

Hungria-2 38

O goleiro Hada disputou apenas uma partida nesse mundial, contra as Índias Holandesas, e usou uma camisa aparentemente verde, com as mesmas faixas horizontais do segundo uniforme.

PRIMEIRO UNIFORME DE GOLEIRO

Hungria-G2 38

Nas demais partidas o titulas foi o goleiro Szabo, que usou um uniforme todo preto.

SEGUNDO UNIFORME DE GOLEIRO

Hungria-G1 38

Brasil 1938

Pela primeira vez o Brasil chega a uma Copa do Mundo sem problemas internos ou disputas bairristas, isso somado à ausência das demais equipes sul-americanas, o classificou como um dos candidatos ao título.

Logo de cara enfrentamos um forte adversário, a Seleção Polonesa.  A partida foi fantástica, uma verdadeira chuva de gols, e com um show particular de Leônidas o Brasil venceu por 6 a 5. O adversário seguinte também foi duríssimo e a Seleção Brasileira precisou de duas partidas para passar pela equipe tcheca, empate em 1 a 1 no primeiro jogo e vitória por 2 a 1 no segundo.

Pela primeira vez o Brasil chegava a uma semifinal, e o adversário era a tradicional e então campeã Itália. A partida fui dura e polemica, mas no final os italianos venceram por 2 a 1. Dessa forma o Seleção Brasileira foi para a disputa de 3º e 4º e venceu a Suécia por 4 a 2, conquistando sua melhor colocação em mundiais até então.

O Brasil entrou em campo com um uniforme bem semelhante aos usados nas Copas anteriores, camisa branca calção azul e meias pretas, mas com golas e mangas diferentes.

PRIMEIRO UNIFORME

Brasil-1 38

Esse uniforme foi usado nas duas partidas contra a Tchecoslováquia, contra a Itália e contra a Suécia. Contudo no primeiro jogo, contra a Polônia (que também usava camisas brancas), o Brasil perdeu o sorteio e teve que improvisar uma camisa reserva. Pela primeira vez a Seleção Brasil não entrou em campo de branco, a comissão técnica teve que arranjar às pressas um jogo de camisas azuis e não tiveram nem tempo de bordar o logo da CBD.

UNIFORME ALTERNATIVO

Brasil-A 38

Os Goleiros Valter e Batatais usaram uma camisa preta durante essa Copa com meias azuis e meias pretas.

UNIFORME DE GOLEIRO

Brasil-G 38

Suécia 1938

A Suécia Chegou a Copa de 1938 depois de uma campanha muito ruim nas Olimpíadas de 36, e logo de cara deu muita sorte no sorteio. Para começar o primeiro adversário, a Áustria, foi anexada pela Alemanha pouco antes do mundial e teve seus jogadores agregados ao time alemão. Dessa forma os austríacos não puderam disputar essa partida, a FIFA considerou W.O. e os Suecos avançaram para a segunda etapa sem precisar entrar em campo.

A sorte continuou na segunda fase, isso porque o adversário foi a inexpressiva e exausta Cupa, que vinha de duas partidas duríssimas contra a Romênia. A Seleção Sueca descansada por folgar na primeira fase não teve dificuldades em golear os cubanos pro 8 a 0.

Na semifinal tudo parecia continuar a favor da Suécia, com apenas 35 segundo de jogo Nyberg abriu o placar contra a Hungria. Mas dessa vez a alegria dos suecos não durou muito, os húngaros viraram a partida e venceram por 5 a 1. Na decisão de terceiro lugar contra o Brasil a historia foi semelhante, os Suecos abriram 2 a 0 no placar, porém tomaram a virada e foram derrotados por 4 a 2. Dessa forma com apenas uma vitória e duas derrotas a Suécia ficou em 4º lugar na Copa de 1938 (melhor colocação até então.)

O uniforme da Seleção Sueca foi o mesmo da Copa anterior e mais uma vez o efeito causado pelos filmes fotográficos anteriores à Segunda Guerra pode gerar a impressão de que a camisa era escura e o calção claro. Contudo outras fontes (como vídeos) mostram que a camisa era realmente mais clara (amarela) e o calção escuro (azul).

PRIMEIRO UNIFORME

Suecia-1 38

Esse uniforme foi usado, mas três partidas disputadas: contra Cuba, Hungria e Brasil e o goleiro Abrahamsson usou um uniforme todo azul nessas partidas.

PRIMEIRO UNIFORME DE GOLEIRO

Suecia-G 38

Tchecoslováquia 1938

Na Copa de 1938 os Tchecos tentavam repetir a excelente campanha realizada na edição anterior (vice em 34) mesmo com apenas 4 jogadores remanescentes. O primeiro adversário foi a inexperiente Holanda e os tchecos venceram por 3 a 0, mas o placar não reflete o que foi a partida. Os holandeses seguraram o empate até a prorrogação quando perderam o meia Van der Veen por contusão, a partir de então a equipe tcheca conseguiu construir sua vitória.

Na segunda fase o adversário seria o Brasil, equipe vista com excelente ataque, mas defasa fraca. O jogo foi uma verdadeira guerra e 3 das 4 expulsões desse mundial ocorreram nesta partida. O resultado final foram varias contusões e o placar de 1 a 1.

Na partida desempate as duas equipes tiveram muitas alterações principalmente por contas das lesões sofridas na partida anterior. A Tchecoslováquia perdeu o goleiro Planicka (clavícula deslocada) o maior astro daquele time e herói do primeiro confronto quando, com apenas um braço ele fechou o gol durante a prorrogação e garantiu o empate.

Sem o goleiro astro os tchecos não resistiram ao ataque brasileiro e foram derrotados por 2 a 1, contudo eles ainda reclamam de um gol legitimo não anotado pelo arbitro quando a partida ainda estava 1 a 1 (em um chute longo o goleiro brasileiro não seguro a bola que entrou no gol, mas em seguida foi puxada de volta e o juiz não viu).

Tanto o primeiro quanto o segundo uniforme da Seleção Tcheca eram basicamente o mesmo usado durante a Copa de 34.

PRIMEIRO UNIFORME

Tchecoslovaquia-1 38

Os tchecos usaram esse uniforme nas duas partidas contra o Brasil. Já o segundo uniforme foi usado no jogo de estreia, contra a Holanda.

SEGUNDO UNIFORME

Tchecoslovaquia-2 38

Os goleiros Planicka e Burkert, usaram uniformes claros nessas partidas, contudo é difícil precisar a cor exata. Depois de alguns testes e principalmente por causa das cores tradicionais da Tchecoslováquia eu vir essa versão. Ainda assim, não descarto a opção deste uniforme ser cinza e não azul.

PRIMEIRO UNIFORME DE GOLEIRO

Tchecoslovaquia-G 38

Suíça 1938

A Suíça fez a partida de abertura da Copa de 1938 contra a poderosa Alemanha. A equipe alemã era uma das favoritas e ainda contava com o reforço dos jogadores da Áustria (anexada pelo Reich alemão). Por isso os suíços eram vistos como azarões nessa partida.

A partida começou e a Seleção Alemã abriu o placar, tudo parecia seguir o script, mas então os suíços surpreenderam, empataram e seguraram o resultado até o fim da segunda prorrogação.

O jogo desempate começou da mesma forma, só que desta vez os alemães abriram 2 a 0 no placar, mas então veio uma nova reação helvética e dessa vez além de empatar os suíços viraram o jogo e venceram por 4 a 2.

A Suíça ficou em festa com a grande vitória, mas rapidamente teve que se preparar para o jogo contra a Hungria pela etapa seguinte. Porém, dessa vez com a fadiga gerada pelo confronto duplo na primeira fase, os suíços foram derrotados por 2 a 0 e deixaram o mundial na 6º colocação. Ainda assim, a heroica vitória sobre os germânicos ainda é lembrada como um dos grandes feitos da Seleção Suíça.

O uniforme Suíço é um dos mais tradicionais e basicamente não sofreu alterações com o passar dos anos.

PRIMEIRO UNIFORME

Suiça-1 38

Esse uniforme foi usado nas duas partidas contra a Alemanha.

Contudo, na partida contra a Hungria a Seleção Suíça usou o seu segundo uniforme, branco com as meias pretas.

SEGUNDO UNIFORME

Suiça-2 38

Willy Huber, goleiro da Suíça nas três partidas disputadas neste mundial, usou um uniforme todo negro como já era a tradição dos goleiros suíços.

PRIMEIRO UNIFORME DE GOLEIRO

Suiça-G 38

Cuba 1938

Cuba foi a primeira seleção do caribe a participar de uma Copa do mundo. Os cubanos se classificaram porque todos os outros candidatos (Estados Unidos, Colômbia, Costa Rica, México, El Salvador e Guiana) desistiram de disputar a vaga.

A Seleção Cubana chegou ao mundial sem nenhuma expectativa, eles eram visto como meros coadjuvantes, que iriam apenas dar um pequeno passeio pela Europa. Contudo, os caribenhos surpreenderam a todos e logo estavam no centro dos holofotes.

O primeiro jogo foi contra a Seleção Romena e os cubanos conquistaram um heróico empate. Como se isso não fosse o bastante,  Cuba venceu a partida desempate e avançou para a segunda etapa do mundial.

Porém, na etapa seguinte, a magia acabou e os cubanos sofreram uma sonora goleada (8×0) para os suecos. Ainda assim, o incrível feito da Seleção Cubana é lembrado como uma das maiores zebras da história das Copas do Mundo.

O uniforme cubano era bem simples, camisa branca com calções e meias vermelhas. Existem versões com os calções azuis, porem esta é a minha interpretação.

PRIMEIRO UNIFORME

Cuba-1 38

Encontrei apenas uma imagem do goleiro cubano Carvajales, e sem muita convicção essa é a minha versão.

PRIMEIRO UNIFORME DE GOLEIRO

Cuba-G 38