Itália 1934

A Copa de 1934 misturou esporte e política , como nunca antes na historia do esporte. O ditador italiano Benito Mussolini, enxergou nesse evento uma grande oportunidade de fazer propaganda do regime fascista, por isso já em 1929 iniciou uma campanha para sediar a segunda Copa do Mundo.

Não satisfeito em sediar a Copa, o Duce (como Mussolini era conhecido) decidiu usar toda a sua influencia para “garantir” que a Itália fosse a grande Campeã. A influencia do ditador foi tamanha, que ele escolheu e “conversou” com todos os juízes que apitariam as partidas dos italianos. Por coincidência, ou não, todas as decisões polêmicas dos árbitros foram tomadas a favor da Seleção Italiana. A “armação” foi tão evidente que alguns juízes foram expulso de suas federações assim que a Copa acabou.

Pela primeira vez a Copa foi disputada em um sistema de mata-mata desde a primeira etapa, por isso qualquer derrota eliminaria a equipe, mas o italianos, de uma forma ou de outra, conseguiram passar por todos os adversários (Estados Unidos, Espanha, Áustria e Tchecoslováquia) e conquistaram seu primeiro titulo.

O uniforme principal da Seleção da Itália é o mesmo desde suas primeiras edições. A cor azul da camisa foi escolhida (mesmo não aparecendo na bandeira nacional, como homenagem à Casa Real italiana de Savoia, que reinou no país até 1946. Por esse motivo o time passou a ser chamado de Squadra Azzurra (esquadrão azul).

UNIFORME PRINCIPAL

Italia-1 34

Esse uniforme foi usado nas cinco partidas disputadas pelos italianos nesse mundial, quatro vitórias e um empate contra a Espanha, que forçou um jogo desempate.

O uniforme de goleiro usado pela Itália nesse mundial era todo preto, mas trazia um cinto no calção e o distintivo no peito.

UNIFORME DE GOLEIRO

Italia-G 34

O goleiro Giampiero Combi disputou as cinco partidas da Copa usando esse uniforme e tomou apenas 3 gols.

Tchecoslováquia 1934

A antiga Tchecoslováquia, não era cotada como uma das favoritas, antes do mundial de 1934, mas com grandes vitórias sobre Romênia, Suíça e Alemanha, os tchecos chegaram até a final.

Na partida decisiva, os adversários eram os italiano, donos da casa e momentos antes do início, o árbitro do jogo, Ivan Eklind, foi visto conversando com o ditador Mussolini. Esse fato levantou algumas suspeitas posteriormente. A partida só foi vencida pela Itália na prorrogação, mas até hoje os tchecos reclamam da arbitragem tendenciosa do juiz sueco, favorecendo a Seleção Italiana em vários momentos.

As primeiras camisas usadas pela Seleção Tcheca como uniforme principal eram vermelhas, depois durante algum tempo, passaram a ser brancas, mas logo voltaram a ser vermelhas.

Na primeira Copa o uniforme principal era bem simples e o logo usado na camisa era o Brasão de Armas do país.

PRIMEIRO UNIFORME

Tchecoslovaquia-1 34

Esse uniforme foi usado apenas nas duas últimas partidas da Copa, contra Alemanha e Itália.

A Seleção da Tchecoslováquia, foi a primeira a usar um uniforme reserva (sem ser improvisado) em uma partida de Copa do Mundo. Ele era muito semelhante ao principal, mas com as cores da camisa e do calção invertidas.

SEGUNDO UNIFORME

Tchecoslovaquia-2 34

Esse uniforme foi usado na estreia da Tchecoslováquia em mundiais, contra a Romênia e na partida seguinte contra a Suíça (duas vitórias).

O goleiro Planicka, foi um dos destaques do mundial, especialmente na partida final, dificultando muito o trabalho dos atacantes italianos. Nas fotos, da época, fica bem difícil definir qual era a cor do seu uniforme, contudo da para perceber que a camisa é mais clara que o calção, por isso essa é a minha interpretação.

UNIFORME DE GOLEIRO

Tchecoslovaquia-G 34

Esse uniforme foi usado, pelo menos, nas partidas contra Alemanha e Itália.

Alemanha 1934

A Alemanha passava por turbulências políticas que se estenderam até o futebol. E assim como Mussolini na Itália, O chanceler Adolf Hitler influenciou drasticamente tanto a delegação quanto a equipe que foram ao mundial. As mudanças funcionaram e o time rendeu bem em campo, perdendo apenas na semifinal para os tchecos. As outras três partidas foram vencidas pelos alemães, incluindo a decisão de terceiro e quarto, contra o badalado Wunderteam ( como a Seleção Austríaca era conhecida).

A Copa da 34 foi usadas como propaganda politica do regime alemão, prova disso é a águia nazista estampada na camisa. Mais uma vez o futebol mostra que é um espelho da sociedade, incluindo uma das paginas mais negras da historia da humanidade.

Bandeira PrussiaA Seleção da Alemanha, é mais uma daquelas que usam uniformes com cores diferentes das da bandeira nacional. No caso da Alemanha isso é fácil de explicar: o uniforme branco e preto e uma homenagem a Prússia (cuja bandeira está ao lado), país que deu origem a nação germânica.

PRIMEIRO UNIFORME

Alemanha-1 34

Esse uniforme foi usado nas 4 partidas da Alemanha no Mundial, vitórias sobre Bélgica, Suécia e Áustria e derrota para a Tchecoslováquia.

O goleiro Willibald Kress disputou 3 partidas nesse mundial, mas por causa da péssima atuação na partida contra os tchecos, ele foi substituído na última partida por Hans Jakob. Anbos usaram o mesmo uniforme durante a Copa.

UNIFORME DE GOLEIRO

Alemanha-G 34

O interessante desse uniforme é que os goleiro usaram por baixo do uniforme, uma camisa branca igual a dos jogadores da linha, algo único na historia das Copas.

Áustia 1934

Na década de 30 a equipe austríaca era considerada uma das melhores do mundo, tanto que recebeu o apelido de “Wunderteam” (time maravilhoso). Por isso, era cotado como uma das favoritos ao titulo, contudo, seu desempenho no mundial foi abaixo do esperado. Um detalhe interessante é que, mesmo disputando uma Copa mundial, as 4 partidas da Áustria, foram disputadas contra adversários europeus.

Depois de um bom inicio a Seleção Austríaca foi derrotada pelos donos da casa na semifinal, em uma das partidas mais esperadas desse mundial. Na decisão de 3o e 4o lugar o adversário foram os alemães e em uma partida cheia de historias, os austríacos novamente foram derrotados terminando o mundial na quarta colocação.

O uniforme da Seleção Austríaca, já nessa época, era branco e preto, praticamente igual ao da Alemanha

PRIMEIRO UNIFORME

Áustria-1 34

Esse uniforme foi usado nas 3 primeiras partidas, mas na disputa pela 3o colocação o time austríaco teve que mudar de camisa, pois o adversário era a própria Alemanha. Como essa partida seria na cidade de Nápoles, eles tiveram a ideia de jogar com a camisa do time local (o Napoli), na tentativa de ganhar o apoio da torcida.

UNIFORME ALTERNATIVO

Áustria-A 34

Esse uniforme foi improvisado e usado apenas na partida contra a Alemanha.

O goleiro austríaco Peter Platzer usou o mesmo uniforme em todas as partidas, ele era todo preto apenas com as mangas e a gola branca.

UNIFORME DE GOLEIRO

Áustria-G 34

Platzer jogou as 4 partidas com esse uniforme e tomou ao todo 7 gols.

Espanha 1934

A campanha espanhola na Copa de 1934 foi: três partidas, contra duas das equipes mais forte do mundo  na época, uma vitória, um empate, uma derrota e a quinta colocação geral.

Desde seu primeiro jogo oficial La Furia Roja (a Fúria Vermelha), como ficou conhecida, usa camisas vermelhas, contudo no inicio o calção era branco. Pouco tempo depois o calção passou a ser azul escuro e dessa forma a Seleção Espanhola disputou todas as partidas desse mundial.

PRIMEIRO UNIFORME

Espanha-1 34

Esse uniforme foi usado nas três partidas, vitória contra Brasil, e um empate e uma derrota para os italianos.

O goleiro Zamora era considerado o melhor goleiro da época, mas só disputou as duas primeiras partidas pois se machucou contra a Itália e não entrou em campo na terceira partida.

PRIMEIRO UNIFORME DE GOLEIRO

Espanha-G1 34

Zamora entrou em campo, provavelmente, com esse uniforme na partida contra o Brasil e na primeira partida contra a Itália, suas excelente atuações lhe renderam o titulo de melhor goleiro dessa Copa, e ele é até hoje lembrado como um dos melhores goleiros da historia do futebol espanhol.

Na segunda partida o reserva de Zamora, Nogues, não comprometeu a equipe, mas também não foi capaz de impedir a derrota para os italianos.

SEGUNDO UNIFORME DE GOLEIRO

Espanha-G2 34

Esse uniforme foi usado apenas na ultima partida contra a Itália, pelo goleiro reserva, Nogues.

Hungria 1934

No inicio da década de 30 a Seleção Húngara estava em constante evolução, e já dava mostras da grande equipe que seria nas décadas seguintes.

Os húngaros foram colocados como cabeça de chave no sorteio inicial, e deram muita sorte ao serem relacionados para enfrentar o Egito na primeira rodada, uma equipe inexperiente e sem qualquer tradição até então e que não ofereceu resistência. Na segunda partida a historia foi diferente, o adversário foi a Áustria, considerado por muitos o melhor time da época. Essas duas equipes nutriam uma rivalidades que ia muito além do futebol, pois a apenas algumas décadas, essas duas nações eram uma só, o império austro-húngaro. Como consequência a partida foi extremamente violente e entre uma pancada e outra os austríacos fizeram 2 gols enquanto os húngaros anotaram apenas uma vez. Com a derrota a Seleção Húngara foi eliminada por seu arquirrival e terminou o mundial na sexta colocação.

O uniforme da Seleção Húngara é o mesmo desde sua primeira partida em Copas. Enquanto algumas equipes usam uniformes que não tem nenhuma relação com suas bandeiras nacionais, outras são uma representação exata delas. A Hungria é um exemplo do segundo caso, com a camisa vermelha o calção branco e as meias verdes.

PRIMEIRO UNIFORME

Hungria-1 34

Esse uniforme foi usado apenas contra a Áustria, e parece não ter dado muita sorte, já que a equipe húngara foi derrotada e eliminada do mundial.

Na primeira partida a Hungria jogou com um calção diferente (da mesma cor da camisa), pois o calção dos egípcios também era branco.

UNIFORME ALTERNATIVO

Hungria-A 34

Esse uniforme foi usado apenas contra o Egito, e os húngaros venceram por 4 a 2.

O goleiro húngaro Antal Szabó disputou as duas partidas e tomou dois gols em cada jogo. O uniforme usado por ele foi o uniforme reserva da Hungria.

HUNIFORME DE GOLEIRO

Hungria-G 34

Suíça 1934

A Suíça estreou em Copas do Mundo contra outra estreante, a Holanda. Na época as duas seleções eram consideradas equipes do segundo escalão europeu.

A partida foi bastante equilibrada e, mesmo não sendo cabeça de chave, os suíços venceram por 3 a 2. O segundo adversário foi a Seleção da Tchecoslováquia, e dessa vez não deu para os suíços, que foram derrotados pelo mesmo placar.

O uniforme da Seleção Suíça é praticamente o mesmo até os dias atuais. Ele é bastante simples e baseado na bandeira nacional: camisa vermelha com a famosa cruz branca no peito. A divergência está nas meias, que antigamente eram pretas, provavelmente para facilitar a limpeza.

PRIMEIRO UNIFORME

Suiça-1 34

Esse uniforme foi usado nas duas partidas: vitória sobre os holandeses e derrota para os tchecos.

Tradicionalmente o uniforme dos goleiros suíços é todo negro, e dessa forma o goleiro Sechehaye atuou nas duas partidas desse mundial.

UNIFORME DE GOLEIRO

Suiça-G 34

Suécia 1934

A Suécia foi o único país a concorrer com Itália, para sediar a Copa de 1934, mas desistiu da candidatura pouco antes da escolha final.

Durante os jogos, a participação dos suecos foi razoável. Foram apenas duas partidas, vitória na estreia contra uma enfraquecida e cansada Argentina, e derrota para emergente Alemanha na segunda partida.

team_swedenO uniforme da Seleção Sueca da década de 30 é um dos que pode confundir. Isso por que as fotos da época representavam o azul em um tom bem claro enquanto que o amarelo em um tom mais escuro. Por isso, como a camiseta tem um tom escuro e o calção é mais claro (veja a foto ao lado), temos a falsa impressão de que a camisa é azul e o calção amarelo. Contudo fontes da própria Federação Sueca de Futebol confirmaram que sua seleção sempre atuou com camisas amarelas e calções azuis.

PRIMEIRO UNIFORME

Suécia-1 34

Esse uniforme foi usado nas duas partidas contra argentinos e alemães.

O goleiro Anders Rydberg atuou nas duas partidas e o uniforme usado foi o mesmo.

UNIFORME DE GOLEIRO

Suécia-G 34

Argentina 1934

A Seleção Argentina de 1934 foi uma equipe completamente diferente da vice-campeã mundial em 1930. Isso porque o país aderiu ao profissionalismo no futebol e os grandes clubes não cederam seus jogadores para disputar essa Copa. Além disso, os atletas que puderam ir ao Mundial tiveram que enfrentar uma longa e exaustiva viajem até a Europa.

Por isso o time que entrou em campo pela primeira rodada da Copa de 1934, não foi pareô para os suecos, foi derrotado por 3 a 2 e eliminado de forma precoce. Aos argentinos só restava fazer todo o caminho de volta à America do Sul depois de apenas uma partida.

O uniforme usado na Copa de 1934 não mudou praticamente em nada com relação ao de 1930.

PRIMEIRO UNIFORME

Argentina-1 34

Esse uniforme foi usado na única partida nesse mundial, contra os suecos .

O goleiro Héctor Freschi, da Seleção Argentina, jogou essa partida com uma camisa branca, algo raro para goleiros.

UNIFORME DE GOLEIRO

Argentina-G 34

França 1934

A França de 1934 foi mais uma equipe a disputar apenas uma partida nesse mundial. O jogo foi contra o lendário Wunderteam (apelido dado à Seleção Austríaca da década de 30), considerado por muitos como o grande favorito ao titulo. Mesmo endurecendo o jogo o franceses saíram derrotados por 3 a 2 e foi eliminado da Copa.

O uniforme usado pela Seleção Francesa foi igual ao usado na Copa anterior, com uma pequena alteração no distintivo.

PRIMEIRO UNIFORME

França-1 34

O goleiro Thépot, eleito o melhor goleiro da Copa de 1930, dessa vez não teve muitas oportunidades de mostrar seu trabalho e não pode evitar a derrota de sua equipa para os austríacos.

UNIFORME DE GOLEIRO

França-G 34